Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin – Eduardo de Almeida e Rodrigo Mindlin Loeb


Lembro do quanto eu fiquei entusiasmado ao saber do projeto que seria construído na USP. Principalmente por saber que era uma demanda real (a antiga necessidade de uma biblioteca de qualidade) e que os responsáveis pelo projeto não eram apenas “renomados” mas sensíveis com as questões envolvidas.

Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin - Eduardo de Almeida e Rodrigo Mindlin Loeb

A escolha foi acertada. Um dos arquitetos (o Rodrigo Loeb) é, além de excelente arquiteto, neto do José Mindlin – bibliófilo que reuniu a coleção “Brasiliana” e posteriormente doou para a USP. Hoje ao visitar o local temos a impressão de estarmos em outro país, pois infelizmente estamos mais acostumados com o descaso para com os prédios públicos na nossa querida terra brasilis…

Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin - Eduardo de Almeida e Rodrigo Mindlin Loeb

O prédio se organiza em duas alas em torno de uma praça interna coberta, que permite bastante luz e ventilação. Por mais quente que estava o dia durante minha visita, o clima na praça estava extremamente agradável, devido às preocupações do projeto.

Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin - Eduardo de Almeida e Rodrigo Mindlin Loeb

Da praça se distribui o acesso ao acervo Guita e José Mindlin de um lado e ao Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) / Sibi-USP (Sistema integrado de bibliotecas da universidade) do outro. No centro temos uma livraria e um auditório para 300 pessoas.

Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin - Eduardo de Almeida e Rodrigo Mindlin Loeb

Como citei a questão climática e solar é muito importante devido a função do prédio. Muita luz (raios ultravioleta) causa a degradação dos livros, mas luz de menos tornaria o ambiente escuro para leitura e estudo, e tornaria o prédio enclausurado e também um grande consumidor de energia.

IMG_0570

A solução adotada foi a utilização de vidros com filtros ultravioleta e brises ou chapas perfuradas para controle solar (com permeabilidade de 10% da luz).

Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin - Eduardo de Almeida e Rodrigo Mindlin Loeb

Um aspecto secundário interessante destas chapas é a transparência, pois de dia se enxerga de dentro para fora e de noite; de fora para dentro.

Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin - Eduardo de Almeida e Rodrigo Mindlin Loeb

Abaixo uma entrevista (feita pelo portal  “Galeria da Arqutetura“) com o Rodrigo Loeb sobre o projeto. No link da galeria, veja a foto do anel central que não pude fotografar.

Biblioteca Brasiliana Guita E José Mindlin – Eduardo De Almeida E Rodrigo Mindlin Loeb

Acima mais uma última foto para finalizar. Não é realmente um projeto incrível?

Biblioteca Brasiliana USP:
Rua da Biblioteca, s/n
Cidade Universitária
São Paulo, SP
05508-050
Telefone: (55 11) 3091 1154
http://www.brasiliana.usp.br/

Escrito por
More from Fabio Lanfer

O Projeto de Arquitetura

O projeto arquitetônico é basicamente um conjunto de desenhos e especificações que...
Leia mais

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *