Parc Reserca Biomèdica Barcelona – Manel Brullet e Albert de Pineda


Parque de pesquisa biomédica de barcelona é um dos maiores centros de ciência do mundo. Sua localização é privilegiada e o projeto, de autoria de Manel Brullet e Albert de Pineda, é simplesmente estonteante.

Implantado de frente para o mar, seu terreno foi tratado como uma praça, qualificando ainda mais o entorno. Trazendo a praia, o espaço mais público por excelência, para dentro do projeto, o prédio se insere no entorno com respeito, ganha percurso e visuais.

Parc Reserca Biomèdica Barcelona – Manel Brullet E Albert De Pineda

As frentes marítimas urbanas são normalmente muito valorizadas, tendo como a tendência geral o aumento dos valores e a diminuição dos terrenos. Um projeto aberto como este se coloca como uma requalificação urbana. Trata-se de uma valorização difícil de expressar por números, a cidade ganha e a propriedade privada (o cliente do projeto, e até os vizinhos) também.

Parc Reserca Biomèdica Barcelona – Manel Brullet E Albert De Pineda

Diminui-se assim o conflito característico entre frente marítima e cidade, humaniza as duas partes. Infelizmente exemplos como este ainda não são aceitos com naturalidade por aqui, onde projetos mais abertos frequentemente geram polêmicas, e argumentos reacionários, quanto à segurança e degradação. 

Parc Reserca Biomèdica Barcelona – Manel Brullet E Albert De Pineda

Claro que a escala dos problemas sociais em nosso país é outra, mas mesmo assim o uso de espaços públicos no brasil é um dos maiores desafios para os arquitetos e urbanistas. Por isto mesmo procuro escrever e colocar estes exemplos aqui.

Parc Reserca Biomèdica Barcelona – Manel Brullet E Albert De Pineda

Outra questão bastante intrigante neste projeto é o programa da edificação. Sendo um centro de pesquisa biomédica, possui diversas questões quanto à funcionalidade técnica; fluxos de pessoas, materiais, resíduos, classificações de biossegurança, instalações mais complexas em HVAC, elétrica, hidráulica, e até mesmo disposição de escadas e elevadores. Tudo isto não impossibilitou um projeto com identidade e ousadia estética.

Parc Reserca Biomèdica Barcelona – Manel Brullet E Albert De Pineda

A marcante volumetria elíptica e cônica seccionada é acentuada pelo tratamento das fachadas. Ela foi constituída em pele dupla; uma de vidro e outra de brises de madeira, com espaço entre elas para limpeza e manutenção.

Parc Reserca Biomèdica Barcelona – Manel Brullet E Albert De Pineda

Parc Reserca Biomèdica Barcelona – Manel Brullet E Albert De Pineda

A fachada não chega até o chão, dando um aspecto de leveza ao prédio, além da já citada unidade formal. Simples desníveis no piso, e o limite marcado pela casca do prédio dão a noção do que é fora ou dentro.

Parc Reserca Biomèdica Barcelona – Manel Brullet E Albert De Pineda

Parc Reserca Biomèdica Barcelona – Manel Brullet E Albert De Pineda

Junto ao térreo estão principalmente as áreas mais públicas ou de atendimento; recepção, clínicas, e o acesso ao auditório por exemplo… O pátio interno se posiciona como uma ligação ao mar. Ventilação, iluminação e belas visuais.

Parc Reserca Biomèdica Barcelona – Manel Brullet E Albert De Pineda

Parc Reserca Biomèdica Barcelona – Manel Brullet E Albert De Pineda

Fiquei impressionado ao ver este edifício, com certeza uma ótima referência em vários aspectos do que procuro para desenvolver uma boa arquitetura.


Escrito por
More from Fabio Lanfer

Museu de Arte Contemporânea (MAC Niterói) – Arq. Oscar Niemeyer

Muito da qualidade na arquitetura está no poder de síntese, uma aparente...
Leia mais

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *