Quanto custa Reformar ou Construir?


Quando as pessoas necessitam de novos espaços ou tem interesse em mudar algo em suas casas logo se questionam o quanto isso irá custar e se vale a pena o investimento.
A dificuldade em se precisar o quanto irá gastar, e a grande diferença entre orçamentos em todas as etapas, desde a compra de materiais ou contratação de serviços, me fez escrever este post.

“Contas de Chegar”
Normalmente costumo indicar para início de conversa (para se concluir se é viável ou não realizar tal empreendimento) o custo médio de construção por padrão: simples, médio e luxo; e por região do brasil.
Este número é levantado pelo “Banco de Dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção” (CBIC); e publicado por várias revistas, institutos e empresas do mercado de construção.
Ele leva em conta o valor do “Custo Unitário Básico da Construção Civil” (CUB) por m², pelos estados e regiões além de apresentar uma Média Brasil.

Por exemplo o “Indice A&C” (revista Arquitetura & Construção) para a região Sudeste (referente ao mês de Maio/2010) diz :
Luxo R$ 1.750/m²
Médio R$ 1.300/m²
Simples R$ 1.120 /m²

Vale a pena adquirir este dado da sua região atualizado. Claro que eles (os editores) evitam publicar na internet para você ter de comprar a revista, então utilize a tabela do SINDUSCON (Sindicato da Construção do estado, no arquivo: “CUB – Série Histórica”) ou o “CBIC” do link anterior.


Escrito por
More from Fabio Lanfer

Projeto e construção de pistas de skate

Resolvi escrever este post sobre como projetar e construir a sua pista de...
Leia mais

3 comentários

  • Bom dia,
    vocês poderiam me explicar porque o indice A&C para padrão médio região Sudeste é R$1300, mas quando eu consulto a tabela CBIC de 2011 o valor é R$948,00?
    Desde já agradeço

  • Olá.
    Primeiramente pensei que o dado divergisse porque minha postagem é um pouco antiga (logo o índice A&C estaria desatualizado – quando escrevi, havia apenas o dado do ano anterior, 2010).
    Porém fui verificar e o dado hoje (referente ao começo do ano de 2011) está em:

    Luxo: R$ 1.837m²
    Médio: R$ 1.359m²
    Simples: 1.157m²

    Subiu um pouco, mas realmente é bem maior que o índice CBIC. Devemos considerar que esses valores são estimativos, e possuem origens diferentes de cálculo.
    Talvez a revista esteja com valores mais próximos ao seu público (de maior poder aquisitivo), ou a Câmara da construção utilize apenas valores declarados à receita federal (imaginando ser menor para que os gatunos não paguem tantos impostos… tsc tsc).

    Esta média irá lhe servir para decidir ou não a empreitada. Um orçamento mais preciso é possível através do “TCPO – Tabelas de Composições de Preços para Orçamentos”, a partir do projeto executivo finalizado.

    Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *