Museu Oscar Niemeyer – Curitiba


 O Museu Oscar Niemeyer é um conjunto de edifícios projetado pelo famoso arquiteto brasileiro, que recebeu o seu nome em sua homenagem. Mais conhecido como “Museu do Olho” pelo seu formato singular, não era originalmente um museu, sendo que esta referência (olho) se diz respeito a parte nova da construção. *Postagem também publicada no Viagem Pelo Mundo neste link.

O prédio principal do museu, e o mais antigo, chama-se Edifício Presidente Humberto Castelo Branco. Foi projetado em 1967, inaugurado em 1978 e era anteriormente ocupado pela administração estadual (embora tenha sido concebido para ser o Instituto de Educação do Paraná).  

O pavimento térreo deste prédio é concebido como um pavilhão livre, onde se localizam o acesso e o guarda volumes de um lado, e do outro, a loja e o café do museu (na foto acima; vista para o pátio das esculturas do piso inferior). Abaixo a vista posterior do museu.

O guarda volumes é um equipamento importante para os viajantes. No nosso caso foi bem vindo, pois fomos ao museu depois do checkout do hotel, e seria inviável voltar lá para buscar a mala.

Do térreo é possível enxergar algumas maquetes no piso inferior, pois há um interessante piso de vidro encaixado nas nervuras da laje (mais adiante postei foto olhando por baixo). No pavimento superior ocorrem exposições temporárias, como esta no foyer central, que é iluminado por uma grande clarabóia.

Também existem em salas de exposições “fechadas”, onde se revezam as exposições por tema, por autor ou de acordo com a programação do museu.

De lá descemos para o piso inferior, o subsolo, onde há o pátio das esculturas (aquele que vimos do térreo em foto anterior) e também lugar para atividades lúdicas para crianças  em visitas monitoradas, etc.

O Espaço Niemeyer também fica ali, com maquetes e imagens de projetos do arquiteto além do tal teto de vidro descrito acima. Deste espaço sai a ligação para o escultórico bloco anexo, ou o “olho” do museu.

Ela foi feita a partir da construção de um túnel sob o espelho d’água do térreo. Esta solução cria um bom efeito estético por fora, como um bloco que emerge da água, e uma passagem dramática por dentro, criando expectativa no visitante que a percorre.

O novo bloco anexo possui alguns pequenos espaços expositivos, os sanitários, e a circulação vertical nos pavimentos da torre. Já no “Olho” suspenso estão um mini auditório, uma sala expositiva e o salão principal.

Não é um enorme museu, mas é enorme na ousadia, na intenção e no resultado plástico. Mais algumas fotos interessantes do passeio:

 

Para chegar lá é bem simples. A partir da Praça Dezenove de Dezembro no centro é possível pegar um ônibus nas estações tubo, ou se tiver um pouquinho de disposição ir a pé (2,6 km). Há também a linha turística, que facilita bastante para conhecer outros pontos da cidade.

LEIA MAIS: Turismo em Curitiba no blog Viagem Pelo Mundo.

Horários: de terça a domingo, das 10:00h às 18:00h 
Ingressos: R$ 4,00 inteira, R$ 2,00 estudantes identificados  (crianças de até 12 anos, maiores de 60, e grupos de estudantes de escolas públicas, pré-agendados não pagam) 
Localização: Rua Marechal Hermes, 999 – Centro Cívico, CEP 80530-230, Curitiba – Paraná 
Telefone: (41) 33504400
Site: http://www.museuoscarniemeyer.org.br/


Escrito por
More from Fabio Lanfer

Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *