web
analytics

17 – Construção do canil

on


Esta é a última postagem da obra da casa: 17- Construção do canil! Para ver esta obra completa, ou partes dela, acesse toda a sequência de postagens:

ACOMPANHE A SÉRIE: OBRA RESIDÊNCIA NO LITORAL NORTE DE SP

Se quiser iniciar na ordem cronológica, pule para a primeira postagem clicando aqui.

Para execução da cobertura do canil resolvi utilizar sobras de madeira do antigo telhado que foi desmontado e reformado. Tínhamos disponíveis 3 antigos pilares (dos 4 pilares originais, um apodreceu e seu “resto” foi usado durante a obra).
Destes 3 disponíveis, o maior foi dividido em dois para fazer os pilares de trás (que são mais baixos), e os outros 2 menores foram usados na frente.

Foi necessário então fazer um encaixe deste, no pilar “novo”(como mostra a primeira foto), os outros estavam prontos.
Todos os pilares foram complementados na altura pelas bases de concreto; só assim poderíamos cortar o maior em dois, e aproveitando que a base de concreto evita a umidade na madeira!

Estas bases foram feitas com latas de tinta como forma, e armadas com sobras de ferragens.
Onde eram apoiadas sobre a terra usamos resto de treliças de laje como armação num buraco escavado, formando uma broca de 50 cm de profundidade.
Onde já havia um contrapiso furamos e inserimos vergalhões para uma conexão mais firme (é possível vê-lo na foto). E dá-lhe mão na massa!

Os pilares foram chumbados dentro das latas com pregos entortados para aderência e usamos gabaritos para a manutenção do prumo durante a cura.
Bases e colunas prontas, vamos agora para a cobertura da tal residência canina;
Precisávamos vencer o vão e apoiar as telhas de fibrocimento – mais conhecidas como “brasilit” (que é o nome da marca, seria então o “bombril” das telhas, rs). Possuíamos um caibro de tamanho suficiente que foi utilizado como a terça de trás (a telha é apoiada em duas terças).
Para a terça da frente, haviam dois pedaços de viga sobrando e resolvi fazer um teste:

Utilizei uma conexão japonesa, variação eficiente de conexões que são bem usuais em emendas apoiadas por aqui.
O desenho desta emenda adaptei do blog do Eng. Alan Dias, conforme meu rabisco acima.
E o resultado está na foto abaixo.

Para executar o encaixe usamos apenas serra tico-tico e furadeira. E claro, dois parafusos grandes. O parafuso menor na foto é o que serve para seguras as telhas, fixados sempre na primeira e na ultima onda de cada uma.

Um banho de tinta e tudo resolvido; área coberta e “quintal” gramado, cerca e portão.
Entre a cobertura e o muro há espaço para ventilação, que precisa ainda receber uma grade para evitar fugas (o cão poderia utilizar a casinha como degrau), e assim poderemos encostá-la depois que ela receber um trato.

OBRA PRONTA – AMPLIAÇÃO Residencial no Litoral Norte

Existe uma expressão utilizada para desqualificar o trabalho de um arquiteto que seria: “mas não sabe nem projetar uma casinha de cachorro”. Bom, aqui eu garanto a minha exclusão deste tipo de ofensa! Rsrs
Até outro post!


Fabio Lanferhttp://www.lanfer.arq.br/
Arquiteto e Urbanista pelo Mackenzie (2008). Está sempre em busca de formas inovadoras e tecnologias mais sustentáveis para criar os seus projetos.

9 COMENTÁRIOS

  1. Quem quiser pode ignorar a utilidade deste blog, mas pra min é muito útil, pois, estou passando por esse problema, do dia para a noite caíram 6 filhotes e mais a mãe no meu quintal e agora que eles estão adolescentes, estão emporcalhando todo o quintal, necessito de uma solução urgente para abrigá-los em um espaço que seja fácil a limpeza. E para melhorar o quintal é uma pedreira em aclive.

  2. Importante questão! Na foto onde viramos a massa dá para ver um ralo. Prever sempre uma torneira e um ponto de esgoto dentro do canil, com caimento direcionado para ele! Obrigado, abraços.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Arquiteto e Urbanista pelo Mackenzie (2008). Está sempre em busca de formas inovadoras e tecnologias mais sustentáveis para criar os seus projetos.
375FãsCurtir
345SeguidoresSeguir
99InscritosInscrever