Conjunto Habitacional Pedregulho – Arq. Affonso Eduardo Reidy


O nome oficial é Conjunto Residencial Prefeito Mendes de Moraes. Foi projetado em 1947 por Affonso Eduardo Reidy. Trata-se de uma jóia arquitetônica moderna brasileira mas que infelizmente não teve um percurso tão esplendoroso como alguns outros ícones da época, tais como o Copan (que foi construído depois em São Paulo) projetado por Niemeyer ou ainda o Parque Guinle por Lucio Costa (retratado no link com fotos de Nelson Kon).

Conjunto Habitacional Pedregulho - Arq. Affonso Eduardo Reidy
Citei estes dois outros projetos, pois possuem referências entre si (são praticamente da mesma data, sendo o Pedregulho concebido primeiro) na utilização de soluções interessantes. Considero este projeto do Reidy tão importante quanto os outros citados, embora esteja visivelmente em pior estado de conservação.

Conjunto Habitacional Pedregulho – Arq. Affonso Eduardo Reidy

O Projeto é desconhecido até mesmo entre estudantes de arquitetura, uma pena. Ele é composto do edifício residencial, mas também de uma escola (a Escola Municipal Edmundo Bittencourt) e do conjunto esportivo anexo à ela. Estes últimos espaços são tão representativos quanto o edifício, embora menos apresentados / descritos aqui.

Conjunto Habitacional Pedregulho – Arq. Affonso Eduardo Reidy
Os arcos da cobertura do ginásio contrastam com as linhas predominantemente retas da escola, ao mesmo tempo que é conectado pela mesma cobertura. O uso de portas-janelas e panos de vidro propiciam a luz natural, que entram pelas varandas individuais das salas de aula. Aberturas garantem a ventilação, e os pilotis a utilização do terreno.

Conjunto Habitacional Pedregulho – Arq. Affonso Eduardo Reidy
Conjunto Habitacional Pedregulho – Arq. Affonso Eduardo Reidy

No edifício a forma curva e os pilotis fazem a sua perfeita inserção no terreno acidentado do bairro de São Cristóvão (Rio de Janeiro). Assim como o acesso e o pátio em andar intermediário na lâmina.

Conjunto Habitacional Pedregulho – Arq. Affonso Eduardo Reidy

A utilização hoje é feita basicamente pela comunidade, sendo que na época foi construído para funcionários públicos do Rio de Janeiro, antes da mudança do Distrito Federal para Brasília.


Conjunto Habitacional Pedregulho – Arq. Affonso Eduardo Reidy

O prédio possui incríveis visuais, que são garantidas mesmo nas circulações. Estas são protegidas do sol forte por brise-soleils fixos (ou cobogós), elementos de cerâmica vazados que fazem um interessante jogo de luz.

Conjunto Habitacional Pedregulho – Arq. Affonso Eduardo Reidy
Conjunto Habitacional Pedregulho – Arq. Affonso Eduardo Reidy
A variação de pé direito é visível entre o pátio e corredor de acesso aos apartamentos. Estes possuem diversas tipologias, tendo inclusive undades duplex. O teto inclinado no corredor faz parte da solução estrutural, onde os pilares são recuados da fachada liberando espaço para os elementos vazados.

Conjunto Habitacional Pedregulho – Arq. Affonso Eduardo Reidy
Conjunto Habitacional Pedregulho – Arq. Affonso Eduardo Reidy
Como o empreendimento não recebe suficiente recurso para sua manutenção, é possível ver intervenções mesmo em áreas comuns tentando preservar algo da idéia original…

Conjunto Habitacional Pedregulho – Arq. Affonso Eduardo Reidy


 

2011/05/23 – Atualização:
Opa opa! boa notícia!
O conjunto está sendo restaurado!
Segue a fonte:
http://oglobo.globo.com/rio/mat/2011/03/26/em-fase-final-de-tombamento-pelo-estado-pedregulho-sera-protegido-tambem-pelo-iphan-apos-reforma-924097034.asp

 


 

2015/04/18  – Nova Atualização:

Restauro com previsão de término para este mês! Uau vejam como ficou incrível!

http://g1.globo.com/globo-news/jornal-das-dez/videos/t/todos-os-videos/v/icone-da-arquitetura-modernista-no-brasil-e-reformado-depois-de-decadas-de-abandono/4113130/

 


 

Bom, é isso aí.

Espero que tenha impressionado à vocês tanto quanto impressionou à mim quando estive lá.

Até a próxima postagem!

 


Escrito por
More from Fabio Lanfer

08 – Muro de divisa, andaimes e empenas: Final das alvenarias

Após a execução das lajes continuamos as alvenarias que faltavam; muro na...
Leia mais

2 comentários

  • Valeu a inserção quase imperceptível em “Central do Brasil”. Pedregulho vi publicado pela primeira vez num livro inglês, tipo anuário, e chamou à atenção toda a proposta, tipo ‘unidade de vizinhança’, e, em particular, os apartamentos duplex !
    Tal foi o encantamento coma idéia, que na última disciplina de Projeto Arquitetura V, citei o trabalho de Reidy como de aplicação ao desafio feito pelos meus orientadores, para um condomínio de uso misto. Concluí minha graduação com êxito e reconhecimento, e, este também dos colegas. Isso em 1982 ! Reidy e os cariocas mereciam, há tempos, esta consideração, em seu prédio e conjunto. Por tabela, a Copa do Mundo tem dado a devida atenção ao Rio, mesmo que para mostrar aos outros. Quem sabe, a partir daí a população venha a ter o entendimento do que é povo ! Abraços a todos. Regis T.

    • Regis, obrigado pelo comentário. Realmente um projeto tão relevante e tão pouco conhecido, estudado, e até preservado! Espero que em breve possamos vê-lo na sua melhor forma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *