Casa da Música – Arq. Rem Koolhaas


A Casa da Música (link para o site oficial) é um projeto incrível do arquiteto Rem Koolhaas e que foi adotado pela população local assim que terminada sua construção na Cidade do Porto, Portugal.
Sua função principal é a apresentação de concertos e espectáculos, mas também realiza oficinas e atividades educacionais.


Sua acústica é bem elogiada pela crítica, e juntamente com sua arquitetura, a coloca como referência entre os mais importantes espaços de espetáculos do mundo, ao lado do Walt Disney Concert Hall, em Los Angeles e do auditório da Filarmônica de Berlim.


A sala de concerto principal chamada “Sala Suggia” exibe um contraste marcante no aspecto entre interior/exterior.
Ela pode ser vista de várias outras partes da construção, através de áreas envidraçadas. Uma destas é um foyer, que envidraçado dos dois lados banha a sala de concertos de luz.

Estes vidros curvos também ajudam no conforto acústico da sala (fazem com que a reflexão sonora seja difusa, ao contrário dos vidros planos), e dão um aspecto visual interessante. Eles estão por toda parte nas integrações visuais das salas e estúdios.


Esta é uma sala interativa onde qualquer visitante pode fazer música ou brincar com os sons nos equipamentos específicos disponíveis. Relacionada à esta porém mais profissional há a sala “Cybermusica”, que é um estúdio para apresentação e desenvolvimento de pesquisa e experimentações; mesclando projetos musicais com tecnologias da informação (estava em uso, mas pode-se ver imagens nos links desta postagem).



Os interiores deste edifício são impressionantes, brincam com ângulos, e com cheios e vazios assim como a fachada, mas também com texturas e luz.



A todo instante vidros emolduram a cidade ao redor, que contrasta mas se relaciona sensivelmente com o lugar.



É muito difícil descrever o quanto este projeto é interessante tridimensionalmente. Este foyer exemplifica bem o malabarismo estrutural realizado para se chegar nessa solução.
Para uma melhor experiência virtual alguém de portugal disponibilizou um incrível site chamado 360° Portugal . Nele há panorâmicas de pontos importantes de todo o país, e a Casa da Música está bem detalhada.

Ao lado da sala de concertos principal há a Sala 2, um estúdio menor e mais versátil, que não possui cadeiras fixas e se adapta dependendo do que for apresentado.
No topo do edifício há ainda um anfiteatro iluminado por uma clarabóia.
Não deixe de ver também ambientes como o Foyer 3, a Sala Vip Barroca, o Terraço.
Todos estes links estão na página principal da Casa da Música no site “www.360portugal.com”

Para quem é viciado em arquitetura, outro link interessante é o da “Arch Photo” onde pode-se ver a Casa da Música em construção.



Embora não possa passar diretamente aos leitores a vivência que tive neste projeto, o que é algo individual, posso ao menos descrevê-lo e mostrá-lo como uma grande inspiração.


Escrito por
More from Fabio Lanfer

Sesc Pompéia – Arq. Lina Bo Bardi

O Sesc Pompéia é um espaço de múltiplo uso, um equipamento urbano...
Leia mais

6 comentários

    • A casa da música está no mundo real, portanto a escala é 1!!! Qualquer projeto (plantas, cortes ou elevações) que você tiver será uma relação entre a realidade e a representação. Na escala 1:100 por exemplo, um centímetro do desenho são 100cm na realidade; ou seja o desenho é cem vezes menor que o prédio!. A questão agora é saber qual e escala do seu desenho! Se não estiver indicada deverá comparar uma medida conhecida (cotas ou tamanho real) com o tamanho do desenho. Boa sorte!

  • Ola tudo bem, preciso das medidas de cada face da casa da musica se alguem tiver e poder me ajudar,estou fasendo uma maquete e preciso de todas as medidas

    • Rafael, você precisa da planta e das elevações em escala. Não possuo aqui, o post é apenas sobre as sensações ao percorrer os espaços e ilustrado com fotos que tirei no local. Espero que consiga o material que precisa. Aconselho procurar alguma publicação sobre a Casa da Música nas revistas especializadas de arquitetura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *