10 – Encontro pilares e vigas – Área de lazer


Após os novos cômodos da casa estarem cobertos, a obra seguiu para a área de lazer (que faz a ligação entre o novo e o existente). Com isto chegamos à décima postagem da série:

 

A sequência de fotos apresentadas aqui resumem bem como foi esta etapa. O telhado acima foi desmontado. O muro de divisa de fundos rebocado, os pilares foram construídos e somente então as vigas para a cobertura foram apoiadas.
Os pilares junto ao muro foram feitos com armadura triangular. Uma solução engenhosa que rendeu uma boa distribuição das ferragens (duas barras onde o muro é tracionado e, uma barra – atuando junto com a alvenaria -onde trabalham à compressão) e suficiente recobrimento de concreto.

Para executar estes pilares, faz-se uma alvenaria de 50cm de altura com tijolos maciços (cuidadosamente cortados e assentados) e depois concreta-se dentro, e então, tudo denovo sucessivamente. Tudo bem amarrado; alvenarias de tijolos furados, pilares com tijolos maciços, ferragens e também as vigas de madeira (vide segunda foto abaixo).
obs: Note também a emenda do pilar novo com a parede existente; uma arte!

O piso desta área toda  foi retirado guardado para alguma eventualidade (tem muito do mesmo piso no resto da casa, sendo que é bem antigo). No lugar dele virá o porcelanato que cobrirá toda a parte nova da obra.
*Obs: Viu um buraco no pilar atrás da churrasqueira na foto acima? Estava esperando a viga (banzo inferior) da tesoura, montada quando os outros pilares chegaram na altura!

A viga ficou totalmente ancorada quando foi concretada a última secção do pilar. As linhas puxadas (usando pregos e ripas) auxiliam na execução do tijolo à vista, e foram usadas por toda a obra.

Mais um detalhe dos pilares, viga de madeira e parede existente.
Acompanhe! E se quiser ver a obra pronta, clique aqui.
Alguma dúvida? Comente!

 


Escrito por
More from Fabio Lanfer

Cinemateca Brasileira (antigo Matadouro Municipal de São Paulo) – Arq. Nelson Dupré

Há muito havia ouvido falar deste lugar e pesquisado sobre este projeto....
Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *